criação_logotipo_dr_alberto_bicudo-01_ed

As técnicas usadas em Hipnose Clínica podem ajudar muito no tratamento de diversos problemas que envolvem a conexão mente-corpo.

NA CLINICA.jpg

Hipnose e seu uso na Medicina.

Em 1999 o Conselho Federal de Medicina reconheceu oficialmente o uso da Hipnose, pelo Parecer CFM nº 42/1999, considerando-a "valiosa prática médica, subsidiária de diagnóstico ou de tratamento, devendo ser exercida por profissionais devidamente qualificados e sob rigorosos critérios éticos".

A hipnoterapia é uma abordagem de tratamento médico e psicoterápico feita sob medida para cada paciente, focada na solução do problema e baseada na utilização de tudo aquilo que o paciente traz, inclusive a resistência a sua própria melhora. A hipnose ou a linguagem hipnótica é inserida como uma ferramenta útil para acessar a mente mais profunda do sujeito e conseguir aflorar conflitos e realizar os devidos ajustes mais facilmente. 

Desde sua introdução na prática médica até os dias de hoje muito se evoluiu no entendimento fisiológico e no aprimoramento técnico da Hipnose. Por esse prisma, a hipnose moderna poderá oportunizar às pessoas acessar seus recursos internos dando-lhe suporte para que atinja seus objetivos.

Exemplos de aplicações da Hipnose Clínica:

  • Transtornos de Ansiedade

  • Depressão e outros transtornos de humor

  • Problemas relacionados ao Estresse (ex.: Síndrome de Burnout)

  • Fobias específicas

  • Síndromes pós-traumáticas (transtorno de estresse pós-traumático)

  • Transtornos alimentares (como compulsão alimentar e bulimia)

  • Transtornos do sono

  • Problemas sexuais

  • Transtornos de sintomas somáticos

  • Síndromes dolorosas agudas e crônicas (ex.: Fibromialgia)

  • Preparo pré-operatório e no pós-operatório

  • Transtornos funcionais gastrointestinais (ex.: Síndrome do Intestino irritável)

  • Tratamento de vícios (cigarro, álcool, etc.)

  • Entre inúmeras outras aplicações...

Na prática clínica, diversos profissionais renomados têm utilizado a Hipnoterapia como uma ferramenta fundamental. Isso parte de uma premissa básica: nossa mente e nosso corpo são partes inseparáveis de um todo. Para prover um tratamento integral, que promova realmente uma melhora efetiva e duradoura, esse todo deve ser abordado.

Para saber mais visite o blog HipnoMed